,

Produtos para evitar danos ao meio ambiente

A Embraco é pioneira no uso de refrigerantes naturais que reduzem o impacto negativo à camada do ozônio e ainda economizam energia

Controlar a poluição industrial tem sido um desafio, mas também uma missão para grandes empresas no País, tendo em vista as consequências que afetam diretamente a vida das pessoas. Neste 14 de agosto, Dia do Controle da Poluição Industrial, o tema ganha ainda mais destaque.

Atenta a este cenário, a Embraco, multinacional com foco em soluções inovadoras para refrigeração, passou a usar refrigerantes naturais, como o propano (R290), em seus compressores e soluções de refrigeração há mais de duas décadas. Os refrigerantes naturais são inofensivos à camada de ozônio e colaboram de maneira significativa para a redução do consumo de energia.

Entre os exemplos de produtos desenvolvidos pela companhia com refrigerantes naturais, estão o Fullmotion, última geração de compressores de velocidade variável para freezers incorporados, e a unidade selada em refrigeração comercial Plug n’ Cool. Em soluções domésticas, destaque para o compressor Fullmotion X, que proporciona uma melhor preservação dos alimentos por causa da tecnologia de velocidade variável e consome até 40% menos energia.

Segundo o último relatório de sustentabilidade da companhia, se forem somados os compressores Fullmotion vendidos nos últimos dez anos, a economia de energia equivalente a 9 bilhões de KWh seria suficiente para abastecer a Croácia durante seis meses ou o Estado de Santa Catarina por quatro meses.

Para a Embraco, a sustentabilidade é uma veia que permeia todas as relações e processos, vai além do desenvolvimento de soluções e está presente também em toda a cadeia de valor, incluindo colaboradores e fornecedores.

Via Segs